21°C 27°C
Natal, RN
Publicidade

Aumento histórico da força de trabalho e queda da inflação nos EUA são atribuídos à chegada de imigrantes

Com o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,5%, uma taxa de desemprego abaixo de 4% e os mercados de ações atingindo níveis históricos, juntamente com uma diminuição da inflação, o país alcançou marcos econômicos impressionantes.

19/04/2024 às 10h24
Por: Adrovando Claro Fonte: Cláudia Moura
Compartilhe:
Aumento histórico da força de trabalho e queda da inflação nos EUA são atribuídos à chegada de imigrantes

Durante o último ano, os Estados Unidos testemunharam uma recuperação econômica notável que desafiou as previsões sombrias de recessão.

Os líderes políticos têm cada vez mais reconhecido o papel crucial da imigração na expansão da força de trabalho dos EUA, destacando-a como um dos principais motores do desempenho econômico de 2023. Enquanto os estímulos fiscais desempenharam seu papel, a imigração emergiu como um contribuinte significativo para evitar a recessão e estimular o crescimento econômico.

Discrepâncias nos dados sobre imigração entre agências governamentais podem explicar por que o mercado de trabalho superou as expectativas, com a criação de empregos em março ultrapassando as previsões. Estimativas do Census Bureau (agência governamental responsável por realizar pesquisas populacionais e econômicas no país), indicam um aumento na população residente, com cerca de 70% desse aumento proveniente da imigração.

Apesar dos debates em torno da política de imigração, os dados do Escritório de Orçamento do Congresso (CBO) revelam que a imigração líquida em 2023 foi significativamente maior do que o previsto, totalizando 3,3 milhões de pessoas, impulsionando consideravelmente o crescimento da força de trabalho.

Essa expansão da força de trabalho, atualmente em torno de 168 milhões de trabalhadores, ajudou a conter a inflação. Os imigrantes estão preenchendo empregos essenciais, enquanto o aumento da imigração impulsionou o crescimento econômico e gerou empregos sem superaquecer a economia.

Vinícius Bicalho, fundador e CEO da Bicalho Consultoria Legal, comenta: "É uma oportunidade corajosa em busca de uma vida melhor." Ele destaca que, embora a migração envolva desafios, também abre portas para novas experiências, impulsionadas pela busca por qualidade de vida, segurança e oportunidades profissionais.

Essa chegada inesperada de imigrantes, tanto com autorização legal quanto sem autorização, teve um impacto substancial na força de trabalho dos EUA, que agora conta com cerca de 168 milhões de trabalhadores, em comparação com cerca de 165 milhões antes da pandemia. Também pode estar desempenhando um papel na queda vertiginosa da inflação, que caiu de 9% em 2022 para um aumento anual de 3,1%.

A ampliação da força de trabalho não apenas impulsionou o crescimento do emprego em setores-chave, mas também desempenhou um papel na queda vertiginosa da inflação. Embora teoricamente mais trabalhadores possam aumentar os custos laborais e, por conseguinte, os preços, a disponibilidade de uma mão de obra expandida ajudou a conter as pressões inflacionárias, permitindo que as empresas atendessem à demanda crescente sem aumentar drasticamente os salários.

Além disso, os imigrantes têm sido fundamentais para a economia de diversas maneiras, ocupando empregos essenciais muitas vezes negligenciados pelos americanos nativos e impulsionando a inovação e a produtividade. Estudos revelam que os imigrantes têm uma maior propensão para lançar seus próprios empreendimentos e obter patentes, o que, por sua vez, contribui para o crescimento econômico a longo prazo.

À medida que o país avança, é essencial reconhecer o impacto positivo que a imigração exerce sobre a prosperidade econômica e a força de trabalho dos Estados Unidos.

Enquanto os imigrantes desempenham um papel vital na economia, é crucial assegurar que o processo migratório seja conduzido de forma adequada e legal. Cada etapa requer cuidados específicos, planejamento estratégico e experiência jurídica.

Nesse contexto, que a Bicalho Consultoria Legal se destaca como uma escolha confiável, oferecendo soluções abrangentes para empresas e profissionais liberais.

Sob a liderança do advogado Vinícius Bicalho, licenciado nos EUA, Brasil e Portugal, a equipe possui uma sólida expertise em processos migratórios e um profundo conhecimento sobre os mais de 187 tipos de vistos disponíveis. A consultoria ressalta a importância de contar com apoio profissional qualificado para superar os desafios burocráticos e garantir um processo legal e sem complicações.

"Oferecemos suporte abrangente em todas as áreas, desde a análise do perfil do cliente até a preparação meticulosa da documentação e o acompanhamento do procedimento," afirma Dr. Vinicius.

A consultoria também proporciona uma pré-avaliação migratória gratuita, um serviço detalhado para identificar o visto mais adequado às circunstâncias individuais de cada cliente.

 

Quem é Vinícius Bicalho

Advogado licenciado nos EUA, Brasil e Portugal;

Sócio fundador da Bicalho Legal Consulting P.A.;

Mestre em direito nos EUA pela University of Southern California;

Mestre em direito no Brasil pela Faculdade de Direito Milton Campos (MG);

Membro da AILA - American Immigration Lawyers Association;

Responsável pelo Guia de Imigração da AMCHAM;

Professor de Pós-graduação em direito migratório;

O único advogado brasileiro citado recentemente na lista dos “confiáveis’ do New York Times.

 

Lenium - Criar site de notícias