21°C 27°C
Natal, RN
Publicidade

10 dicas para sobreviver as contas de janeiro

Dicas de Sâmia Vasconcelos, especialista em planejamento financeiro para pautas sobre investimentos, planejamento financeiro e economia.

11/01/2024 às 19h34
Por: Adrovando Claro Fonte: Sarah Monteiro
Compartilhe:
10 dicas para sobreviver as contas de janeiro

É uma tendência que muitos brasileiros enfrentam um aumento nas dívidas no final do ano, especialmente durante a temporada de festas. As despesas relacionadas a presentes, celebrações, viagens e outras atividades festivas podem contribuir para um aumento nos gastos. Além disso, o recebimento do décimo terceiro salário pode levar algumas pessoas a fazerem compras que podem impactar as finanças no início do ano seguinte.

“Em janeiro, muitos brasileiros enfrentam o desafio de equilibrar o orçamento, lidando com contas acumuladas, impostos, matrículas escolares e outras despesas essenciais. Esse período pode ser desafiador, e é importante adotar práticas de educação financeira, como o planejamento antecipado, a contenção de gastos desnecessários e a negociação de dívidas, para enfrentar de maneira mais eficaz esse período crítico”, explica Sâmia Vasconcelos, especialista em planejamento financeiro.

A especialista Sâmia Vasconcelos separou 10 dicas para sobreviver a janeiro sem dívidas!

1. Planeje com Antecedência:
Antes mesmo do início de janeiro, faça um planejamento financeiro. Avalie suas despesas regulares, preveja gastos adicionais e estabeleça um orçamento realista.
2. Controle os Gastos Festivos:
Limite os gastos durante as festas de final de ano para evitar um impacto financeiro significativo em janeiro. Considere alternativas mais econômicas para presentes e celebrações.
3. Priorize Pagamentos Essenciais:
Identifique as contas essenciais, como aluguel, água, luz e alimentação, e priorize esses pagamentos para garantir estabilidade nas necessidades básicas.
4. Reavalie Assinaturas e Serviços:
Verifique suas assinaturas mensais e serviços. Considere cancelar ou reduzir aqueles que não são essenciais para aliviar o orçamento de janeiro.
5. Negocie Dívidas:
Se tiver dívidas acumuladas, entre em contato com credores para negociar condições de pagamento. Muitas vezes, é possível estabelecer acordos mais flexíveis.
6. Evite Compras Impulsivas:
Após as festas, evite compras impulsivas. Avalie a real necessidade de novas aquisições e concentre-se em economizar durante o mês de janeiro.
7. Planeje Refeições em Casa:
Reduza os custos com alimentação planejando refeições em casa. Compras de supermercado estratégicas e preparação de refeições podem ser mais econômicas do que comer fora.
8. Pesquise Descontos e Promoções:
Esteja atento a descontos e promoções para economizar em compras necessárias. Pesquise preços antes de comprar e aproveite ofertas especiais.
9. Crie uma Reserva de Emergência:
Se possível, crie uma reserva de emergência para situações imprevistas. Isso proporcionará uma rede de segurança financeira em momentos de dificuldade.
10. Invista em Educação Financeira:
Use janeiro como uma oportunidade para aprender mais sobre educação financeira. Entender como gerenciar seu dinheiro eficientemente pode ajudar a evitar apertos futuros.

“Lembre-se, é comum enfrentar desafios financeiros após as festas de fim de ano. Com planejamento e ajustes adequados, é possível atravessar o mês de janeiro de maneira mais tranquila”, finaliza Sâmia.

 
Lenium - Criar site de notícias