21°C 27°C
Natal, RN
Publicidade

Chegada das chuvas na região Norte acende alerta para pecuaristas

Suplementos nutricionais podem sofrer impacto em contato com a água das chuvas, comprometendo a produtividade da pecuária na região.

12/03/2024 às 19h46
Por: Adrovando Claro Fonte: Beatriz Pedrini
Compartilhe:
Chegada das chuvas na região Norte acende alerta para pecuaristas

Quando as chuvas vêm, é hora da mudança das pastagens. É nesse período que os pastos têm maior disponibilidade de nutrientes para os animais, refletindo-se em maior ganho de peso. “Mas, ainda assim, é importante entender a importância da suplementação mineral para suprir a exigência de mantença desses animais. Com isso, conseguimos melhorar o desempenho do rebanho sem grandes custos operacionais e mudanças estruturais na fazenda”, alerta a médica-veterinária Danúbia Figueira, doutora em Nutrição de Gado de Corte e supervisora técnica da Bigsal, marca de produtos da Trouw Nutrition com atuação nos estados de Rondônia, Acre, Amazonas, Roraima e extremo norte do Mato Grosso.

A especialista ressalta que a decisão de não suplementar não é uma economia e, sim, risco de alto prejuízo em produtividade. “A deficiência mineral pode causar perdas zootécnicas importantes. Animais em fase de cria podem  reduzir produção de leite, taxa de prenhez, peso ao desmame e retorno ao cio. Já animais em recria e engorda têm principalmente baixo desempenho em ganho de peso”, completa Danúbia.

Durante esse período, é comum ter cochos descobertos inundados pelas fortes chuvas. Com isso, o suplemento mineral perde qualidade, escoa, empedra e não é utilizado pelos animais. “Temos a solução para atender à necessidade dos pecuaristas. Ela protege de forma eficiente o alimento no cocho, mantendo sua integridade. O pecuarista oferece ao gado exatamente o que pagou, sem perda de qualidade nutricional devido aos altos teores de umidade”, explica a especialista da Bigsal | Trouw Nutrition.

Para ajudar o produtor rural a lidar com essa realidade, a Bigsal oferece a tecnologia Dry. “A solução contém versões com Narasina, aditivo ionóforo promotor de crescimento que tem como objetivo a modulação ruminal para melhor desenvolvimento do animal. Com isso, gerando um ganho diário adicional de 96 g/dia – em média 20% a mais de ganho de peso”, detalha a especialista.

As vantagens das linhas Big Dry e NA Dry, além de proteger o suplemento contra as chuvas, mantendo sua composição, também se estendem para o consumo adequado pelos animais, pois o alimento sempre seco e farelado é mais atrativo, além da melhor mineralização do rebanho, aplicação de fácil manejo de cocho e sem empedramento. “Apesar de muitas propriedades possuírem boas estruturas de cocho, permanece o risco de contato da comida com a água. Com o uso da tecnologia Dry, o pecuarista tem à disposição uma ferramenta eficaz para a suplementação mineral em condições desafiadoras, como de chuvas intensas”, informa a supervisora técnica da Bigsal | Trouw Nutrition.

Lenium - Criar site de notícias